Início Sociedade Hamas diz que posições ainda estão “demasiado distantes” para se esperar avanço nas negociações

Hamas diz que posições ainda estão “demasiado distantes” para se esperar avanço nas negociações

Um responsável do grupo que controla a Faixa de Gaza acusou Netanyahu de não ser "sério" e diz que a "administração americana não está a exercer qualquer pressão real".

Um responsável do Hamas afirmou este domingo que as posições do seu movimento e de Israel quanto ao conflito na Faixa de Gaza continuam “demasiado distantes” para se poder esperar um avanço nas negociações com vista a uma trégua.

“Duvido que haja progressos nestas negociações, porque as posições estão demasiado afastadas”, disse este responsável à agência France Presse, sob condição de anonimato. Para esta fonte, o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, “não é sério (…) e a administração americana não está a exercer qualquer pressão real” sobre Israel, acrescentou.

Entretanto, outra informação da AFP dá conta de que o Hamas ainda não tomou uma decisão sobre o envio de uma delegação para as negociações com Israel em Doha ou no Cairo, com vista a alcançar uma trégua na guerra em Gaza.

Leia mais em TSF

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!