Início Brasil Comportamento da vítima e lesões no joelho foram decisivos para condenação de Daniel Alves

Comportamento da vítima e lesões no joelho foram decisivos para condenação de Daniel Alves

Sequelas que crime acarretou também foram citadas na sentença que condenou ex-jogador a quatro anos e seis meses de prisão

O comportamento da vítima que acusa Daniel Alves de estupro e as lesões em seu joelho foram apontados na sentença divulgada nesta quinta-feira (22) entre as razões que embasaram a Justiça espanhola a condenar o ex-jogador brasileiro a uma pena de quatro anos e seis meses de prisão.

Embora a defesa do ex-jogador tenha argumentado que, após sair do banheiro, a vítima tenha se comportado de maneira natural, despedindo-se adequadamente dos presentes, os promotores do caso assinalaram que isso não implica que os acontecimentos não tenham ocorrido.

“É comum que, após vivenciar um fato vergonhoso, se atue com naturalidade, para disfarçar ou não desmoronar diante de desconhecidos. Pensemos, por exemplo, nas pessoas que caem na rua, se levantam rapidamente e agem como se nada tivesse acontecido, apesar de sentir uma dor imensa”, diz parte da sentença.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!