“As pessoas que se irão juntar a uma segunda Administração Trump serão um perigo para a democracia na América”

Em Lisboa a convite da FLAD, Kori Schake falou ao DN sobre como um regresso de Trump à Casa Branca mudaria a política externa americana. Republicana, a especialista do American Entreprise Institute confessa que se Trump for o candidato , voltará a votar em Biden porque Trump é “um perigo para a democracia na América”.

por Gonçalo Lopes

Veio a Lisboa falar sobre os EUA no Mundo: Guerras, Políticas e Ordem. Mas a política externa americana vai depender muito de quem for o próximo presidente. Se Donald Trump voltar à Casa Branca, podemos esperar uma América mais isolacionista, como aconteceu no seu primeiro mandato?

Sim, penso que é verdade. Se Donald Trump fosse o presidente em 2022, a Ucrânia já teria perdido a guerra pela sua independência depois da invasão russa. Penso que uma das razões de ser dos Acordos de Abraão foi a ansiedade entre os aliados da América no Médio Oriente de que os EUA não fossem um parceiro fiável. E temos agora os comentários que Trump fez a Ursula von der Leyen sobre os EUA não honrarem as suas obrigações perante os aliados da NATO. Portanto, todas estas coisas são prováveis de vir a acontecer. É provável que Trump vá tentar fazer com que aconteçam se for eleito.

Leia mais em Diário de Notícias

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!