Início Manchete Embaixador israelita na ONU rejeita cessar-fogo permanente em Gaza

Embaixador israelita na ONU rejeita cessar-fogo permanente em Gaza

Israel recebeu uma lista de reféns que o Hamas libertará esta quarta-feira. Uma fonte próxima ao Hamas disse que o movimento islâmico está disposto a estender as tréguas em Gaza.

Israel opôs-se esta quarta-feira a um cessar-fogo permanente em Gaza, argumentando que servirá apenas para sustentar o “reinado de terror do Hamas”, nas palavras do seu embaixador nas Nações Unidas (ONU), Gilad Erdan.

Numa nova sessão do Conselho de Segurança dedicada à guerra de Gaza, e na presença de vários ministros dos Negócios Estrangeiros árabes, além do chefe da diplomacia chinesa, Wang Yi – todos eles a favor de um cessar-fogo permanente -, Erdan argumentou que “pedir um cessar-fogo e a paz é um paradoxo”.

“Quem apoia um cessar-fogo está basicamente a apoiar a continuação do reinado de terror do Hamas em Gaza”, avaliou o diplomata.

Leia mais em Diário de Notícias

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!