GNR apreendeu 162 quilos de pepinos-do-mar em Olhão

A Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu na quarta-feira 162 quilos de pepinos-do-mar bem como a embarcação usada na captura e uma botija de oxigénio em Olhão, no distrito de Faro, anunciou hoje aquela força.

por Nelson Moura

Em comunicado, a GNR adianta que a apreensão foi realizada pela Unidade de Controlo Costeiro, através do Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente (SEPNA), no âmbito de uma ação de fiscalização na Ria Formosa, em Olhão.

A Guarda detetou e identificou um pescador de 39 anos que se encontrava a transportar os pepinos-do-mar numa embarcação, tendo este sido identificado.

A GNR adianta que todos os exemplares da espécie apreendida, por ainda se encontrarem vivos, foram devolvidos ao seu habitat natural.

“Por ser considerada uma espécie protegida, sem a observância da disposições legais regulamentares ou obrigações impostas pela autoridade competente, a sua captura consubstancia a prática de um crime de dano contra a natureza, tendo os factos sido comunicados ao Tribunal Judicial de Olhão”, refere a GNR.

De acordo com a GNR, os pepinos-do-mar são muito utilizados na alimentação e na medicina tradicional, essencialmente no mercado asiático, com um valor de venda bastante elevado.

Plataforma Macau com Lusa

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!