Salário dos portugueses deverá subir 4% este ano, segundo inquérito da WTW - Plataforma Media

Salário dos portugueses deverá subir 4% este ano, segundo inquérito da WTW

Conclusões do Salary Budget Planning Report, estudo realizado pela consultora WTW, revelam que empregadores portugueses pretendem aumentar os seus orçamentos para suportar subidas salariais na ordem dos 4% em 2023, ao mesmo tempo que procuram atrair e reter talento.

Os empregadores portugueses pretendem aumentar os seus orçamentos para suportar subidas salariais na ordem dos 4% em 2023, ao mesmo tempo que procuram atrair e reter talento num contexto de inflação elevada, de acordo com as conclusões do Salary Budget Planning Report da WTW, empresa de consultoria, corretagem e soluções.

O relatório contou com a participação de 403 organizações em Portugal, concluindo que o aumento esperado nos salários para 2023 é superior ao aumento médio de 3,2% dos orçamentos salariais atribuídos em 2022.

Cerca de 51% das empresas afirmou que o seu orçamento salarial é agora mais elevado do que esperavam que seria. Como razões chave para estes aumentos, 86% dos empregadores afirmam estar preocupados com a inflação, 44% dizem estar a responder a um mercado de trabalho mais exigente, e 30% referem querer melhorar a retenção do pessoal existente.

Sandra Bento, associate director da WTW Portugal, refere que a “pressão da inflação e um mercado de trabalho competitivo estão a forçar muitos a aumentar os seus orçamentos salariais, de modo a poderem reter e atrair os melhores profissionais”, afirma em comunicado.

Além disso, 17% das empresas planeiam aumentar o número de funcionários efetivos durante os próximos 12 meses. Mais de metade (52%) dos empregadores pretendem recrutar novos profissionais para funções de vendas durante o próximo ano, cerca de 44% está a contratar para funções ligadas às Tecnologias de Informação (TI), e 39% pensam recrutar mais profissionais de engenharia.

Entre as empresas portuguesas que participaram no estudo da WTW, 27% acredita que as perspetivas para os seus negócios são melhores do que haviam antecipado, enquanto 46% afirma estar de acordo com as suas expectativas.

Assine nossa Newsletter