Ucrânia pede mísseis ocidentais de longo alcance para ganhar guerra - Plataforma Media

Ucrânia pede mísseis ocidentais de longo alcance para ganhar guerra

A Ucrânia poderá vencer a guerra este ano, se os países ocidentais multiplicarem as entregas de armas, especialmente mísseis de longo alcance — declarou o conselheiro da Presidência ucraniana, Mikhailo Podoliak, em entrevista à AFP, prometendo que esses sistemas não serão usados para atacar o território russo.

Leia também: “Não haverá III Guerra Mundial”, diz Zelensky

“Apenas mísseis com alcance superior a 100 km nos permitirão acelerar, de forma significativa, a desocupação dos territórios”, disse ele, considerando que, com este material, o fim do conflito pode ser alcançado até o outono.

Segundo Podoliak, esse tipo de míssil permitirá que o Exército ucraniano alcance os depósitos de armas russos, os quais Moscou mantém longe das linhas de frente nos territórios ocupados. Com isso, explica, encontram-se fora do alcance dos sistemas atualmente disponíveis para as forças ucranianas. 

Os ucranianos já utilizam os temidos sistemas americanos HIMARS (de 80 km de alcance) e acabam de receber seu equivalente francês, os lançadores de mísseis LRU, de 70 km de alcance. Reivindicam, porém, os mísseis americanos ATACMS, que chegam a 300 km. 

Podoliak afirma que, se Kiev obtiver essas armas, não será para atacar o território russo. 

“Não vamos atacar a Rússia. Travamos uma guerra exclusivamente defensiva”, insistiu.

Este artigo está disponível em: English

Related posts
MundoPolítica

Putin diz que vitória é certa e insiste que objetivo é libertar Donbass

EconomiaMundo

Teto ao preço do petróleo russo, um mecanismo à prova nos mercados

EconomiaMundo

Rússia lança novos ataques contra setor de energia ucraniano

MundoPolítica

Rússia anexa formalmente quatro regiões ucranianas na sexta-feira

Assine nossa Newsletter