Angola na reunião das telecomunicações - Plataforma Media

Angola na reunião das telecomunicações

Angola participa, desde terça-feira até hoje, em Washington, Estados Unidos, na 40ª sessão da Assembleia dos Estados-membros da Organização Internacional das Telecomunicações (ITSO, sigla em inglês), refere uma nota enviada ao Jornal de Angola.

A ITSO é responsável por supervisionar as obrigações de protecção dos serviços públicos internacionais de telecomunicações, da empresa privada Intelsat, ga-rantindo ainda que “odas as nações tenham acesso a serviços de comunicações via satélite”.

A delegação angolana é chefiada pelo secretário de Estado para as Telecomunicações, Mário Oliveira, e é composta pelo director-geral do Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional, Zolana João, e pelo segundo secretário da Embaixada de Angola nos EUA, Nkruman Bernardo.

Leia também: Trabalhadores da empresa pública de telecomunicações Angola Telecom em greve por melhoria salarial

Angola faz parte da Região D (África) e é membro da ITSO, desde 2017. Na 40ª reunião da Assembleia da ITSO, a Região D está a propor al-guns temas, considerando a capacidade adquirida por vários países africanos em matéria de exploração, operação e lançamento de satélites, contribuindo para o desenvolvimento mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), conforme o programa 2030 das Nações Unidas.

Entre as propostas consta a de nomear três novas administrações notificadoras, para se atingir um total de cinco, de modos que cada região da ITSO tenha uma administração e que o património comum da organização seja repartido de forma proporcional. A Região D pretende, igualmente, que se defina e determine o Es-tado-membro notificador junto da União Internacional de Telecomunicações (UIT), para os slots orbitais atribuídos a cada região.

Leia mais em: Jornal de Angola

Este artigo está disponível em: English

Assine nossa Newsletter