Bolsonaro apelida semipresidencialismo como sistema "idiota"

Bolsonaro apelida semipresidencialismo como sistema “idiota”

Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil, criticou ontem a proposta de implementar o semipresidencialismo no Brasil, afirmando que é um sistema “idiota” e que essa possibilidade de mudança foi lançada para “acobertar outras coisas”

“Tem coisas tão idiotas que não dá nem para discutir. Não vou começar a bater boca com ninguém sobre esse assunto. Coisa idiota. Eu falo que jogo nas quatro linhas. Quem sai fora, aí sou obrigado a combater fora das quatro linhas”, disse Bolsonaro a apoiantes, em Brasília, numa expressão que costuma usar para se referir à atuação dentro dos limites da Constituição brasileira.

“Se for levar ao pé da letra o semipresidencialismo, eu teria o poder de dissolver o Congresso. Então não vou discutir. Porque é que lançam isso aí? Para acobertar outras coisas. Muita gente está preocupada porque acabou a ‘mamata’ [ladroagem]”, acrescentou o chefe de Estado Jair Bolsonaro, sem dar mais detalhes.

O presidente da Câmara dos Deputados do Brasil, Arthur Lira, aliado de Bolsonaro, é uma das autoridades brasileiras favorável a essa mudança, a qual defendeu num evento em Lisboa, na semana passada.

O sistema brasileiro é presidencialista, mas confere poderes alargados ao Congresso, uma situação que, segundo vários juristas, cria grandes tensões entre os vários poderes.

Leia mais em Jornal de Notícias
Related posts
BrasilPolítica

Relatório da CPI fará acusações duras contra Bolsonaro

BrasilPolítica

Para defender Bolsonaro, PGR coloca em xeque eficácia de máscara contra a Covid-19

BrasilChina

Brasil se consolida como principal destino sul-americano de investimentos chineses

MundoPolítica

EUA impõem novas sanções contra Cuba após onda de protestos na ilha

Assine nossa Newsletter