Covid-19: Mais de metade dos funcionários públicos vacinados

Covid-19: Mais de metade dos funcionários públicos vacinados

A dois dias da entrada em vigor das orientações dos SAFP que prevêem faltas injustificadas para trabalhadores sem teste ou vacina, 60 por cento dos funcionários públicos estão inoculados contra a covid-19. Marcações deixam de ser obrigatórias em todos os 18 postos de vacinação a partir de amanhã

O médico adjunto da direcção do Centro Hospitalar Conde de São Januário Tai Wa Hou, revelou que a taxa de vacinação entre funcionários públicos é de cerca de 60 por cento.

Isto, numa altura em que, à luz as novas orientações dos Serviços de Administração e Função Pública (SAFP) relativas à prevenção da covid-19, a partir da próxima segunda-feira, todos os funcionários públicos devem apresentar, à entrada do serviço, um comprovativo de vacinação contra a covid-19 ou um resultado negativo do teste de ácido nucleico efectuado nos últimos sete dias. Quem não cumprir as orientações fica impedido de trabalhar e a falta é considerada injustificada.

O mesmo responsável frisou ainda que os atestados médicos para os trabalhadores inaptos para tomar a vacina podem ser emitidos, tanto nos postos de vacinação, após análise no local, como no Centro Hospitalar Conde São Januário e nos centros de saúde. Até ao momento, foram emitidos 913 certificados do género, 517 dos quais dizem respeito a funcionários públicos.

Leia mais em Hoje Macau

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
MacauSociedade

Macau apela à vacinação da população para proteger crianças

MacauSociedade

Aulas em Macau retomadas a partir de 25 de Outubro

MacauSociedade

Abertura de fronteiras leva enchentes às Portas do Cerco

MacauSociedade

Macau levanta estado de prevenção imediata

Assine nossa Newsletter