Bolsonaro ameaça pilares da democracia, diz Human Rights Watch - Plataforma Media

Bolsonaro ameaça pilares da democracia, diz Human Rights Watch

O presidente Jair Bolsonaro ameaça os pilares da democracia brasileira com seus constantes ataques e ameaças ao Supremo Tribunal Federal (STF) e com suas afirmações de que pode não haver eleições no ano que vem, caso não seja adotada a impressão do voto pela urna eletrônica, disse a entidade de defesa dos direitos humanos Human Rights Watch (HRW) nesta quarta-feira.

Em relatório, a HRW cita os discursos feitos por Bolsonaro em manifestações no dia 7 de Setembro em Brasília e em São Paulo, nas quais afirmou que não cumpriria decisões do ministro Alexandre de Moraes, do STF, voltou a afirmar sem provas que o sistema eleitoral é passível de fraudes e disse que o presidente do Supremo, Luiz Fux, deve “enquadrar” seus colegas, ameaçando pôr fim a corte com uma ruptura.

“O presidente Bolsonaro, um apologista da ditadura militar no Brasil, está cada vez mais hostil ao sistema democrático de freios e contrapesos”, disse José Miguel Vivanco, diretor de Américas da Human Rights Watch, no relatório divulgado para marcar o Dia da Democracia, celebrado nesta quarta.

“Ele está usando uma mistura de insultos e ameaças para intimidar a Suprema Corte, responsável por conduzir as investigações sobre sua conduta, e com suas alegações infundadas de fraude eleitoral parece estar preparando as bases para tentar cancelar as eleições do próximo ano ou contestar a decisão da população se ele não for reeleito.”

Leia mais em Istoé

Assine nossa Newsletter