Início Desporto Atletas LGBTQIA+ batem recorde de participação e ganham medalhas em Tóquio-2020

Atletas LGBTQIA+ batem recorde de participação e ganham medalhas em Tóquio-2020

Levantamento aponta 182 competidores e 32 medalhistas nas Olimpíadas no Japão

Logo depois de levar o ouro no salto sincronizado, o britânico Tom Daley disse que sentia orgulho em falar que é um homem gay e também um medalhista olímpico.

“Quando eu era mais jovem, nunca achei que alcançaria nada por causa de quem eu era. Ser campeão olímpico agora só mostra que você pode alcançar qualquer coisa”, afirmou o atleta após a vitória com sua dupla, Matty Lee.

Foi só após participar de duas Olimpíadas que ele contou, em um vídeo de 2013 no seu canal do YouTube, que estava em um relacionamento com um homem. Era um maneira de colocar um ponto final nos rumores sobre sua sexualidade e também de afirmar que ele ainda era o profissional de sempre. Na época, tinha a Rio-2016 no horizonte.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!