Sete novos locais inscritos pela UNESCO na lista de Património Mundial

Sete novos locais inscritos pela UNESCO na lista de Património Mundial

Sete novos locais, incluindo o complexo florestal de Kaeng Krachan (Tailândia) e o complexo arqueológico de Arslantepe (Turquia), foram inscritos na segunda-feira na lista de Património Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO)

A decisão foi tomada na 44.ª sessão anual do comité do património mundial que está a decorrer em formato virtual a partir da cidade de Fuzhou, no sudeste da China, desde o passado dia 16 de julho.

Quatro dos sete novos locais passam a integrar a lista “devido aos seus atributos naturais”, segundo anunciou a organização que integra o sistema das Nações Unidas.

A par do complexo florestal de Kaeng Krachan (Tailândia), o comité classificou igualmente as ilhas japonesas Amami-Oshima, Tokunoshima, Iriomote e a parte norte da ilha Okinawa, as planícies de Getbol (República da Coreia) e as florestas tropicais e áreas pantanosas de Colchis (República da Geórgia).

Os outros três locais foram inscritos na lista de Património Mundial por causa do seu valor cultural.

Além do complexo arqueológico de Arslantepe (Turquia), a lista da UNESCO passa também a integrar a extensão da Linha de Defesa de Amesterdão (conjunto de estruturas defensivas agora conhecido como Linhas de Água de defesa holandesas – Países Baixos) e as Colónias de Beneficência (Bélgica/Países Baixos).

Leia mais em Jornal de Notícias

Related posts
CulturaOpinião

O incrível título de “património mundial”

Sociedade

Galápagos. Cientistas introduzem espécies extintas para restaurar ecologia

MacauPlataforma Sabores

“Extremamente importante para a preservação da cultura macaense”

MacauPlataforma Sabores

“Fazer da Culinária um ponto de atração para quem nos visita”

Assine nossa Newsletter