Lisboa é a 83ª cidade mais cara do mundo - Plataforma Media

Lisboa é a 83ª cidade mais cara do mundo

A capital portuguesa fica a meio da tabela entre os 24 países que estão a disputar o Campeonato Europeu de Futebol.

Lisboa é a 83ª cidade mais cara do mundo para trabalhadores internacionais, após ter escalado 23 posições no ranking anual Custo de Vida da consultora internacional Mercer, que integra um total de 209 cidades em cinco continentes. Esta subida “bastante significativa” da capital portuguesa na tabela de 2021 prendeu-se essencialmente com “a valorização do euro, uma situação conjuntural que também impulsionou a ascensão de outras cidades europeias na lista, com os preços do imobiliário, sustentados pelas políticas sociais de resposta à covid, e com o aumento do custo dos bens e serviços”, diz Tiago Borges, Business Leader de Career da Mercer. Já numa análise comparativa entre os 24 países que disputam o Campeonato Europeu de Futebol, Lisboa fica a meio da tabela, ocupando a 13ª posição, adianta o responsável.

Esta escalada de Lisboa no ranking ilustra “o sucesso da cidade” que, desde 2014, “quando o país saiu da crise económica e o turismo ganhou dimensão, tem subido posições na lista da Mercer, apesar de algumas oscilações, derivadas sobretudo das taxas de câmbio”, frisa o responsável. Embora o aumento do custo de vida possa tornar a cidade um pouco menos competitiva, Tiago Borges sublinha que Lisboa se mantém atrativa para empresas internacionais instalarem centros de excelência, nomeadamente em áreas digitais. “Os custos laborais e a disponibilidade de recursos humanos, a que se juntam fatores menos tangíveis como o clima, cultura, qualidade de vida, tornam Lisboa uma proposta atrativa”, diz.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter