Aung San Suu Kyi, líder deposta do Myanmar é indiciada por corrupção

Aung San Suu Kyi, líder deposta do Myanmar é indiciada por corrupção

A ex-líder do Muanmar, Aung San Suu Kyi, deposta por um golpe militar, foi indiciada por corrupção, informou o jornal oficial The Global New Light de Mianmar nesta quinta-feira (10)

A ex-chefe do governo civil é acusada de ter recebido “600.000 dólares e vários quilos de ouro” em subornos e de ter usado alguns terrenos de forma abusiva. Suu Kyi também responde a outras seis acusações, que vão desde posse ilegal de rádios comunicadores até violação de uma lei de segredos de estado.

Related posts
MundoPolítica

Líder do Oath Keepers nega ter planeado ataque ao Capitólio americano

BrasilPolítica

Eleições: Supremo defende justiça eleitoral no combate à desinformação

MundoPolítica

ASEAN expressa "grande preocupação" com escalada de violência em Myanmar

MundoPolítica

Ataques aéreos matam cerca de 80 pessoas da minoria étnica kachin em Myanmar

Assine nossa Newsletter