Aung San Suu Kyi, líder deposta do Myanmar é indiciada por corrupção

Aung San Suu Kyi, líder deposta do Myanmar é indiciada por corrupção

A ex-líder do Muanmar, Aung San Suu Kyi, deposta por um golpe militar, foi indiciada por corrupção, informou o jornal oficial The Global New Light de Mianmar nesta quinta-feira (10)

A ex-chefe do governo civil é acusada de ter recebido “600.000 dólares e vários quilos de ouro” em subornos e de ter usado alguns terrenos de forma abusiva. Suu Kyi também responde a outras seis acusações, que vão desde posse ilegal de rádios comunicadores até violação de uma lei de segredos de estado.

Related posts
MacauSociedade

Alerta para possível escassez de magistrados no Ministério Público

MundoPolítica

Termina primeira sessão do julgamento de Aung San Suu Kyi

MundoPolítica

Relator da ONU alerta para risco de “mortes em massa” em Myanmar

MundoPolítica

Golpe militar deixa Myanmar desprotegida para nova vaga de contágios

Assine nossa Newsletter