Início Política Aung San Suu Kyi, líder deposta do Myanmar é indiciada por corrupção

Aung San Suu Kyi, líder deposta do Myanmar é indiciada por corrupção

AFP

A ex-líder do Muanmar, Aung San Suu Kyi, deposta por um golpe militar, foi indiciada por corrupção, informou o jornal oficial The Global New Light de Mianmar nesta quinta-feira (10)

A ex-chefe do governo civil é acusada de ter recebido “600.000 dólares e vários quilos de ouro” em subornos e de ter usado alguns terrenos de forma abusiva. Suu Kyi também responde a outras seis acusações, que vão desde posse ilegal de rádios comunicadores até violação de uma lei de segredos de estado.

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!