A situação em Palma e o apoio de Portugal a Moçambique

A situação em Palma e o apoio de Portugal a Moçambique

A situação em Moçambique é cada vez mais caótica e preocupante, agravada nos últimos dias com os ataques ocorridos em Palma, na Província de Cabo Delgado, onde um grupo de insurgentes atacou e matou dezenas de pessoas.

Em 26 de janeiro cheguei a dirigir, em conjunto com meus colegas do Grupo Parlamentar, um requerimento/pergunta ao Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros a questionar quais dados a estrutura diplomática e consular em Moçambique tinha disponíveis sobe o número de portugueses que vive e trabalha em Cabo Delgado e se esta estrutura mantinha contato regular para prestar eventual apoio para salvaguardar a segurança destes cidadãos.

Ainda, foi questionado que medidas concretas foram ou poderão ser tomadas para apoiar os cidadãos portugueses residentes na Província de Cabo Delgado.

Agora, folgo em saber que medidas concretas estão sendo adotadas, nomeadamente através do apoio prestado pela nossa rede diplomática e consular, que está a prestar todo suporte necessário para os portugueses que estavam nas imediações dos ataques em Palma.

Outra ação importante foi o anuncio do envio de 60 militares portugueses para reforçar a ajuda na formação das forças especiais moçambicanas.

Estas ações concretas demonstram que o Governo português está acompanhando atentamente a situação em Moçambique, nomeadamente através do Ministério dos Negócios Estrangeiros e do Consulado-Geral de Portugal em Maputo, o qual está a oferecer o necessário e vital apoio à comunidade portuguesa radicada na região.

*Deputado do Partido Socialista Português

Related posts
Eleitos

Reintegrar sem segregar

Eleitos

A busca pela justiça fiscal na tributação das mais-valias imobiliárias entre residentes e não-residentes

Eleitos

Requerimento do PS pela retoma dos voos da TAP com a diáspora

Eleitos

Sempre às ordens, pelas ordens

Assine nossa Newsletter