Sun Africa investe 650 milhões de dólares em sete parques solares em Angola - Plataforma Media

Sun Africa investe 650 milhões de dólares em sete parques solares em Angola

Apresentado como o “maior projeto fotovoltaico” na África Subsariana, contempla sete parques independentes com uma capacidade total de 370 MW. A construção está a cargo da portuguesa M. Couto Alves.

A Sun Africa, empresa norte-americana especializada em energias renováveis, vai arrancar com a construção do “maior projeto fotovoltaico” na África Subsariana: são sete parques solares, em seis províncias angolanas, com uma capacidade total de 370 megawatts (MW). Em comunicado, a Sun Africa estima que este projeto vá criar “milhares de postos de trabalho”, diretos e indiretos, permitindo, ainda, ao Estado angolano “uma poupança de aproximadamente cinco mil milhões de dólares ao longo dos 35 anos de vida do projeto”.

A cerimónia oficial de colocação da primeira pedra decorre esta quinta-feira, dia 11 de março, em Biopio, na província de Benguela, onde ficará o “maior parque solar individual” em toda a África Subsariana, com uma capacidade total de 188 MW. A construção está a cargo da portuguesa MCA Group (M.Couto Alves), que é o construtor líder do projeto, e a conclusão do primeiro dos sete parques está prevista para o terceiro trimestre de 2022.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
Portugal

EDP Renováveis adquire parque de energia solar no Vietname por 30 milhões

EconomiaMoçambique

Moçambique conta com energias renováveis para expansão da rede elétrica

EconomiaMoçambique

Reino Unido promete apoiar Moçambique no desenvolvimento de energias renováveis

AngolaEconomia

UE focada numa economia mais verde e sustentável para Angola

Assine nossa Newsletter