Covid-19: Bom trabalho de prevenção de Macau merece ajuda turística da China - Plataforma Media

Covid-19: Bom trabalho de prevenção de Macau merece ajuda turística da China

O Chefe do executivo de Macau disse, em entrevista a uma agência estatal chinesa, que o “bom trabalho na prevenção da pandemia” no território justifica a vinda de turistas da China à capital mundial do jogo.

“Porque fizemos um bom trabalho de prevenção da pandemia, os amigos da China continental podem vir a Macau [para viajar]”, afirmou Ho Iat Seng, numa entrevista em vídeo publicada hoje na China News Service, a segunda maior agência de notícias estatal da China.

O líder do antigo território administrado por Portugal, Ho Iat Seng, que esteve em Pequim por ocasião da Assembleia Nacional Popular (ANP) da China, reforçou que, tal como Macau, o sucesso na prevenção da pandemia por parte da China continental permite que os residentes do território possam deslocar-se ao país.

Após o reinício, em 23 de setembro, da emissão dos vistos individuais e de grupo da China continental para o território, suspensos desde o início da pandemia de covid-19, o número de visitantes tem subido gradualmente, ainda que de forma lenta e muito abaixo de uma média de cerca de três milhões de visitantes registada por mês em 2019.

Um dia antes das declarações de Ho Iat Seg, no âmbito da ANP, 12 deputados de Macau, propuseram e apelaram, segundo o jornal Ou Mun, para o reforço de medidas que permitam que mais turistas chineses possam visitar Macau, cuja economia depende praticamente do turismo chinês, tendo registado em 2019, o último ano antes da pandemia, quase 40 milhões de turistas.

Segundo os deputados, Macau alcançou resultados notáveis na prevenção e controlo da epidemia e, por isso, uma boa base para expandir ainda mais o número de turistas.

Por essa razão, os responsáveis pedem o restabelecimento, o mais rápido possível, das “disposições convenientes para que os residentes do interior da China se possam candidatar ‘online’ aos vistos de Visita Individual de Macau e para a aplicação de autosserviço e emissão imediata de vistos no local junto das autoridades de imigração”, segundo o jornal em língua chinesa.

Pedem ainda a abertura de excursões de grupo entre o interior da China e Macau e pedem ainda que as autoridades chinesas apoiem na divulgação de Macau como destino de viagem mais seguro para os turistas do continente.

Considerada uma das regiões mais seguras do mundo em relação à pandemia de covid-19, Macau contabilizou apenas 48 casos desde que o novo coronavírus chegou ao território, no final de janeiro de 2020, não tendo registado até hoje nenhuma morte causada pela doença.

Related posts
MacauSociedade

Trabalhador não residente em observação médica

Macau

Diagnosticado 52.º caso em Macau

MacauSociedade

Covid-19: Serviços de Saúde ponderam testar toda a população

MacauSociedade

Covid-19: Teste pedido a quem tenha estado em Foshan e Cantão

Assine nossa Newsletter