OCDE: Bazuca dos EUA contra a pandemia é três vezes maior que a da zona euro - Plataforma Media

OCDE: Bazuca dos EUA contra a pandemia é três vezes maior que a da zona euro

Europa tem margem para dar mais apoios e não a usa, diz a OCDE. Segundo a sua economista-chefe, apoios do governo dos EUA geram uma retoma sete vezes maior que no caso europeu.

A bazuca de apoios públicos dos Estados Unidos para ajudar a retoma da economia é três vezes maior em valor absoluto (e o dobro quando medida face ao PIB ou produto interno bruto) que o conjunto de apoios da zona euro, revela um estudo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), divulgado na terça-feira.

De acordo com estas previsões intercalares da OCDE, o governo dos Estados Unidos tem em marcha (medidas no terreno até final de dezembro mais as anunciadas em janeiro e fevereiro) um pacote de estímulos orçamentais que equivalente já a mais de 13% do PIB do país.

Pelas contas de Laurence Boone, a economista-chefe da organização sediada em Paris, o plano que se pode atribuir aos 19 membros da zona euro vale cerca de metade, comparando com o homólogo dos EUA. Não vai além de 6,8% do PIB da zona euro.

Ou seja, segundo cálculos do Dinheiro Vivo, o pacote norte-americano rondará uns expressivos 2,3 biliões de euros (a preços de 2020, dados da Comissão Europeia). A resposta da zona euro rondará 765 mil milhões de euros. É menos de um terço do plano americano.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Related posts
ChinaEconomia

“Espero que os Países de Língua Portuguesa possam ser beneficiados”

EconomiaPortugal

Costa confiante que Portugal será dos melhores a executar os fundos até 2026

MundoPolítica

EUA repatria um prisioneiro de Guantánamo, a primeira transferência no governo Biden

ChinaPolítica

China critica EUA por apelo a “frente unida” com a Europa contra Pequim

Assine nossa Newsletter