África Austral: Insegurança alimentar afeta mais de 51 milhões de pessoas - Plataforma Media

África Austral: Insegurança alimentar afeta mais de 51 milhões de pessoas

O número de pessoas afectada pela insegurança alimentar nas zonas rurais e urbanas da África Austral passou de 41 milhões, entre 2019 e princípio do ano passado, para os actuais 51,3 milhões, impulsionado pela pandemia da Covid-19.

Os dados foram revelados pelo presidente do Comité Regional de Vulnerabilidade da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), António Pacheco Lima, com base num relatório sobre o impacto da Covid-19, na região, em todos os sectores.

Elaborado em Dezembro, pelo Fórum de Avaliação e Análise de Vulnerabilidade (VAA) da SADC, o documento, segundo António Pacheco Lima, revela a necessidade de os Estados-membros da SADC partilharem histórias de sucesso e os progressos no campo dos alimentos, enquanto a região estiver confrontada com a pandemia da Covid-19 e registar altos níveis de insegurança alimentar.

António Pacheco Dias Lima discursou, por videoconferência, a partir de Moçambique, na reunião Organizacional Anual do Programa de Avaliação e Análise de Vulnerabilidade (RVAA), convocada sob a presidência daquele país. “Os números de agora registados são os mais elevados alguma vez registados pelo RVAA, na SADC”, frisou, aventando a possibilidade de este quadro vir a aumentar com a pandemia.

Leia mais em Jornal de Angola

Related posts
MundoPolítica

Europa recusar financiamento do gás a África é "moralmente indefensável"

ChinaPolítica

MNE chinês inicia visita ao leste de África com olhos postos no Índico

MundoPolítica

Poder político africano deve apostar na sensibilização das comunidades

MundoSociedade

Seca deixa famílias iraquianas à beira da crise alimentar

Assine nossa Newsletter