Nyusi volta a apelar à rendição dos dissidentes da Renamo - Plataforma Media

Nyusi volta a apelar à rendição dos dissidentes da Renamo

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, voltou, ontem, a apelar à rendição do líder da Junta Militar da Renamo, Mariano Nhongo, e à sua adesão ao processo de Desmilitarização, Desarmamento e Reintegração (DDR) do antigo braço armado da oposição.

O Chefe de Estado, segundo a Lusa, falava em Maputo, no encerramento do quinto curso de operações de combate ao terrorismo das Forças de Defesa e Segurança (FDS) moçambicanas.

Um grupo de dissidentes da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), a auto-proclamada Junta Militar da Renamo, tem protagonizado ataques armados que já provocaram a morte de 30 pessoas desde Agosto de 2019.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
MoçambiqueSociedade

Forças governamentais dizem que devolveram tranquilidade ao centro de Moçambique

MoçambiqueSociedade

Corpo de antigo deputado da Renamo raptado encontrado numa mata em Moçambique

MoçambiquePolítica

ONG pede tréguas “sem condicionalismos” entre Governo e dissidentes da Renamo

MoçambiquePolítica

Líder dissidente da RENAMO em Moçambique disponível para negociar, avança ONU

Assine nossa Newsletter