Índia pode explorar o potencial mineiro de Angola - Plataforma Media

Índia pode explorar o potencial mineiro de Angola

Angola está aberta ao Investimento Directo Estrangeiro das empresas indianas para ajudar a desenvolver o potencial mineiro do país. Este apelo foi feito pela embaixadora da Índia em Angola, Pratibha Parkar, citada num comunicado do Conselho de Exportação e Promoção de Pedras preciosas e Jóias da Índia (GJEPC).

A embaixadora Pratibha Parkar pede foco ao facto de Angola querer deixar a excessiva dependência às exportações de petróleo e pretender diversificar o produto de exportação para outros segmentos.

“Angola é o terceiro maior produtor de diamantes em África e só explorou 40 por cento do território rico em diamantes dentro do país, mas tem tido dificuldade em atrair investimento estrangeiro”, lê-se.

Foi nessa base que o Conselho de Exportação e Promoção de Pedras Preciosas e Jóias da Índia (GJEPC) e a Câmara de Comércio Indústria Angola – Índia organizaram, recentemente, por videoconferência, a “India Global Connect”.

Para o administrador Executivo da Empresa Nacional de Comércio de Diamantes de Angola “Sodiam”, os diamantes são uma importante fonte de rendimento para o país e com as novas modalidades de política diamantífera, é objectivo fazerem-se vendas através de sites, concursos e outras vias em mercados reconhecidos.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
AngolaEconomia

Angola espera reduzir 'stock' da dívida para menos de 100% até 2023

AngolaEconomia

Angola volta a produzir barras de ouro

AngolaPolítica

Manuel Vicente terá lucrado três mil milhões de dólares com a Sonangol

AngolaPolítica

João Lourenço: "País deve explorar todos os recursos de que dispõe"

Assine nossa Newsletter