Sonangol e Endiama serão parcialmente privatizadas até 2022 -

Sonangol e Endiama serão parcialmente privatizadas até 2022

O Governo vai dispersar em bolsa uma parte das empresas petrolífera e diamantífera Sonangol e Endiama em 2021 ou no início de 2022, disse hoje a ministra das Finanças, Vera Daves de Sousa.

“Estamos a apontar para o final de 2021 ou início de 2022 para iniciar o processo de privatização das grandes empresas como a Sonangol ou a Endiama”, disse a governante angolana durante a conferência da Bloomberg Investir em África, que decorre hoje em formato virtual, avançou a Lusa.

A venda faz parte da intenção do segundo maior produtor de petróleo na África subsaariana para angariar verbas e reiniciar o crescimento económico positivo que não acontece há cinco anos. Até agora, Angola vendeu 30 empresas através de um programa de privatizações que vai até 2022, cujo total aponta para 195 ativos que estão destinados a ser vendidos.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
AngolaSociedade

Sonangol adere à Trace International depois de aprovar revisão de políticas anti-corrupção

AngolaPolítica

Manuel Vicente terá lucrado três mil milhões de dólares com a Sonangol

AngolaEconomia

Sonangol nega subida dos preços dos combustíveis em Angola

Assine nossa Newsletter