Ministros brasileiros discutem sustentabilidade com embaixadores da UE no Brasil - Plataforma Media

Ministros brasileiros discutem sustentabilidade com embaixadores da UE no Brasil

Encontro também debateu inserção do país na OCDE.

Cinco ministros e o presidente do Banco Central (BC) debateram ontem (7) crescimento económico, sustentabilidade e políticas públicas com embaixadores de países da União Europeia.

O encontro, que ocorreu na sede do Ministério das Relações Exteriores, em Brasília, também debateu a estratégia para a inserção do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), grupo que reúne as economias mais industrializadas do planeta.

Promovido pelo Itamaraty e pela Casa Civil da Presidência da República, o encontro teve a participação dos seguintes membros do governo brasileiro: Walter Braga Netto (Casa Civil), Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Paulo Guedes (Economia), Tarcísio Freitas (Infraestrutura), Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e Roberto Campos Neto (Banco Central).

Os embaixadores apresentaram as prioridades atuais da União Europeia, com destaque para o plano de recuperação econômica após a pandemia de covid-19. Chamado de Green Recovery, o plano terá como eixo central o respeito ao meio ambiente e a promoção do desenvolvimento sustentável.

Os ministros brasileiros e o presidente do Banco Central apresentaram as políticas públicas formuladas pelo Brasil com vistas à recuperação econômica, o plano de reformas estruturais, os programas de sustentabilidade do agronegócio e as concessões na área de infraestrutura. Eles destacaram as iniciativas do Centro de Governo na coordenação de políticas e a promoção de reformas que incluem a acessão à OCDE e a adesão a seus instrumentos.

Segundo o Itamaraty, o Brasil é um país não membro da OCDE com maior aderência aos instrumentos legais daquela Organização. Os ministros e os embaixadores também discutiram a integração comercial resultante do Acordo Mercosul–União Europeia. Os representantes do governo brasileiro enfatizaram o alinhamento do Brasil aos padrões da OCDE de regulação, de investimentos e de governança pública.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
EconomiaPortugal

Portugal é quinto na UE com mais pobreza entre quem trabalha

EconomiaMundo

Eslovénia junta-se a Hungria e Polónia no bloqueio da 'bazuca' europeia

EconomiaMundo

Reino Unido vai proibir venda de automóveis a diesel e gasolina a partir de 2030

MundoPolítica

Governo de Trump vai abrir leilão para exploração petrolífera no Alasca

Assine nossa Newsletter