"Insanidade" e "negligência criminal": o passeio de Trump para acenar aos apoiantes - Plataforma Media

“Insanidade” e “negligência criminal”: o passeio de Trump para acenar aos apoiantes

Médicos criticam “passeio desnecessário” de Trump, uma “insanidade” e uma “negligência criminal” que colocou em perigo a vida de todas as pessoas que o acompanharam no carro.

Um médico do hospital Walter Reed, onde Donald Trump foi internado menos de 24 horas depois de ter anunciado um teste positivo à covid-19, considerou “uma insanidade” o passeio motorizado que o presidente dos EUA fez para agradecer aos apoiantes concentrados à porta daquela unidade hospitalar.

Leia mais em Jornal de Notícias

Este artigo está disponível em: English

Assine nossa Newsletter