Brasil tem a pior proporção de computador por aluno entre 79 países testados - Plataforma Media

No Brasil há um computador para 10 alunos, a pior média em 79 países

Enquanto a média nos países ricos é de 1 computador por estudante, no Brasil são 10 alunos por equipamento, revela a OCDE

Ao lado de Kosovo e do Marrocos, o Brasil tem escolas com a pior proporção de computadores por aluno entre os 79 países e territórios avaliados pelo último Pisa. Enquanto a média nos países ricos é de cerca de um computador por estudante, no Brasil são dez alunos por equipamento.

O relatório da OCDE (Organização Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), divulgado nesta terça-feira (28), indica correlação entre a quantidade de equipamentos e o desempenho dos estudantes no Pisa. A prova é o mais reconhecido instrumento internacional de avaliação da educação básica, com testes aplicados a estudantes de 15 anos.​

O relatório “Políticas Eficazes, Escolas de Sucesso” compara informações da oferta escolar entre os participantes da última edição do Pisa, de 2018.

A capacidade de infraestrutura digital ganhou relevo em meio aos planos de retorno às aulas durante e no pós-pandemia de coronavírus.

No Brasil, alunos em escolas com mais computadores por aluno tiveram pontuação mais alta em leitura, diz o relatório da OCDE. O comportamento também foi identificado em países como Belarus e Estônia.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
BrasilSociedade

Apenas um em cada 10 alunos de escolas privadas de São Paulo é negro

LusofoniaPolítica

Ministros da Educação da CPLP debatem o setor no contexto da Covid-19

MacauSociedade

Tecnologias da Informação longe das escolas

ChinaMacau

Patriotismo em destaque na Política de Juventude para Macau até 2030

Assine nossa Newsletter