Ministro da Educação brasileiro associa homossexualidade a “famílias desajustadas”

Ministro da Educação brasileiro associa homossexualidade a “famílias desajustadas”

O ministro da Educação brasileiro, Milton Ribeiro, atribui a homossexualidade de jovens a “famílias desajustadas”. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, ele afirmou ainda que pretende reformular o currículo do ensino básico e promover mudanças em relação à educação sexual.

“É importante falar sobre como prevenir uma gravidez, mas não incentivar discussões de gênero. Quando o menino tiver 17, 18 anos, ele vai ter condição de optar. E não é normal. A biologia diz que não é normal a questão de gênero. A opção que você tem como adulto de ser um homossexual, eu respeito, não concordo”, disse o ministro da educação brasileiro.

“É claro que é importante mostrar que há tolerância, mas normalizar isso, e achar que está tudo certo, é uma questão de opinião. Acho que o adolescente que muitas vezes opta por andar no caminho do homossexualismo (sic) têm um contexto familiar muito próximo, basta fazer uma pesquisa”, afirmou.

Leia mais em Istoé

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Bolsonaro diz que juiz não pode decidir sobre obrigatoriedade de vacina para Covid-19

BrasilPolítica

Entrevista exclusiva a Celso Amorim: "Brasil tem um governo de extrema-direita”

BrasilPolítica

Secretários da Saúde culpam Bolsonaro por crise das vacinas e defendem ministro

BrasilChina

Bolsonaro desmente ministro da Saúde e diz que Brasil não vai comprar vacina da China

Assine nossa Newsletter