Governo quer corte de R$ 10 bi ao ano para deficientes e idosos

Governo quer corte de R$ 10 bi ao ano em benefício para deficientes e idosos

Plano mira irregularidades para reduzir despesas e abrir espaço no Orçamento

O governo Jair Bolsonaro (sem partido) planeja endurecer regras e revisar quase 2 milhões de benefícios destinados a idosos e pessoas carentes com deficiência.

Com as medidas, a serem tomadas por decreto, o governo busca uma economia que chegaria a R$ 10 bilhões por ano.

A iniciativa está sendo preparada em conjunto pelos Ministérios da Cidadania e da Economia, conforme relatos ouvidos pela Folha.

O objetivo, segundo membros do governo, é endurecer a regulamentação ligada à avaliação dos critérios do BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Leia mais em Folha de S. Paulo

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Bolsonaro diz que juiz não pode decidir sobre obrigatoriedade de vacina para Covid-19

BrasilPolítica

Entrevista exclusiva a Celso Amorim: "Brasil tem um governo de extrema-direita”

BrasilPolítica

Secretários da Saúde culpam Bolsonaro por crise das vacinas e defendem ministro

BrasilChina

Bolsonaro desmente ministro da Saúde e diz que Brasil não vai comprar vacina da China

Assine nossa Newsletter