Início » Ativistas tentam forçar entrada em canil ilegal na Feira

Ativistas tentam forçar entrada em canil ilegal na Feira

Salomão Rodrigues

Cerca de 200 ativistas tentaram forçar a entrada no canil ilegal de Canedo, Santa Maria da Feira, após mobilização nas redes sociais. Um ativista visitou o canil e disse que os cães estão a ser bem tratados, um vereador municipal garantiu o mesmo, mas os participantes não acreditaram.

Depois do resgate de vários animais no canil ilegal na Serra da Agrela, em Santo Tirso, as atenções dos amigos dos animais viraram-se, esta tarde, para outro canil ilegal existente, há vários anos, em Santa Maria da Feira.

Ao início da tarde, Berta Brazão, proprietária do terreno e fundadora do abrigo, alertou a GNR para a mobilização de ativistas para um protesto em frente ao espaço, com medo que fosse tentada uma invasão. Pouco depois, uma carrinha em que seguia com animais ficou danificada e seis cães foram levados pelo grupo que se concentrou à porta do abrigo. “Eram cães que levava para os donos. Estas são pessoas que querem protagonismo e não o bem-estar dos animais. Fui agredida”, acusou.

Cerca das 16.15 horas, encontravam-se no local mais de duas centenas de pessoas sob o olhar atento de um contingente discreto de elementos da GNR. Para tentar serenar os ânimos, o vereador municipal da Feira, Vítor Marques, revelou que visitou as instalações e que os animais estão bem tratados. Reconheceu que no passado houve registo de maus-tratos, mas não neste momento. “Já vi espaços melhores, mas também já vi espaços muito piores do que este. Os animais não estão a ser vítimas de maus-tratos”, reiterou o vereador.

Leia mais em Jornal de Notícias

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!