Venda do Novo Banco. "Se me arrependi de alguma coisa? Não" -

Venda do Novo Banco. “Se me arrependi de alguma coisa? Não”

Mário Centeno garante que, com a informação que tinha em 2017, não poderia ter feito diferente na venda do Novo Banco. Mas admite que, sabendo o que sabe hoje, talvez pudesse ter tomado outras opções.

Mário Centeno garante que não se arrepende de nenhuma decisão sobre a venda do Novo Banco em 2017. Entrevistado no podcast do PS “Política com Palavra”, o ex-ministro das Finanças admite que se poderia “fazer sempre qualquer coisa diferente [no Novo Banco]”, mas assegura: “Se eu me arrependi de alguma coisa que tenha feito? A resposta é fácil e é não”.

O ex-governante admite que hoje tem “muito mais informação” e que, com esses dados, “se calhar” poderia ter tomado outras decisões, mas afirma que “com a informação que existia e as restrições que existiam naquela altura”, não poderia ter feito muito diferente. “E estudámos todas as alternativas”, assegurou.

Leia mais em TSF

Artigos relacionados
EconomiaPortugal

Banco de Portugal corta previsão de crescimento económico

EconomiaPortugal

Aumentos salariais vão ser mais fracos na sequência da pandemia

EconomiaPolítica

Governo viabiliza nova injeção do Fundo de Resolução no Novo Banco

DesportoPortugal

Vieira diz que não foge e promete pagar ao Novo Banco

Assine nossa Newsletter