Detido em Cabo Verde suposto testa de ferro de Nicolás Maduro - Plataforma Media

Detido em Cabo Verde suposto testa de ferro de Nicolás Maduro

As autoridades de Cabo Verde detiveram, com um mandado dos EUA, um empresário colombiano acusado de negócios corruptos com o Governo do Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, informou a advogada do suspeito.

Alex Saab, empresário colombiano, foi detido em Cabo Verde quando o seu avião fez uma paragem para reabastecimento, no voo de regresso para o Irão, após uma viagem à Venezuela, segundo a advogada que o representa legalmente nos Estados Unidos, Maria Dominguez.

Saab era procurado pelas autoridades norte-americanas há vários anos, suspeito de acumular numerosos contratos, de origem considerada ilegal, com o Governo venezuelano de Nicolás Maduro.

Em 2019, procuradores federais em Miami, nos EUA, indiciaram Alex Saab e um seu sócio, por acusações de operações de lavagem de dinheiro, relacionadas com um suposto esquema de suborno para desenvolver moradias de baixa renda para o Governo venezuelano, que nunca foram construídas.

Ao mesmo tempo, Alex Saab foi alvo de sanções por parte do Governo dos EUA por supostamente utilizar uma rede de empresas de fachada, espalhadas pelo mundo, para ocultar avultados lucros de contratos de alimentos sobrevalorizados, obtidos através de subornos.

As autoridades norte-americanas descrevem Alex Saab como um testa-de-ferro de Nicolás Maduro, embora essa descrição não apareça em nenhum processo judicial e o Presidente venezuelano nunca tenha sido alvo de qualquer acusação relacionada com o empresário colombiano.

Related posts
BrasilPolítica

Intenção de Lula de convidar Maduro frustrada devido a decreto de Bolsonaro

Cultura

Centro Português apela a preservar, garantir e estimular tradições na Venezuela

Sociedade

Mais de 4.900 venezuelanos assassinados em países da região

EconomiaPolítica

Venezuela admite fornecer petróleo a Europa mas com pagamento antecipado

Assine nossa Newsletter