Novas relações com as Nações Unidas

por Arsenio Reis

A porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Hua Chunying, disse na conferência de imprensa periódica do dia 30 que a China congratula António Guterres pelo seu novo cargo como secretário-geral das Nações Unidas, desejando manter com ele uma cooperação próxima para continuar a fazer avançar as relações entre a China e a ONU.

Um dos jornalistas colocou a questão: O novo secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, iniciou oficialmente as suas funções. Que comentários faz o governo chinês relativamente a tal?

Hua Chunying afirmou: “As Nações Unidas são a organização internacional e intergovernamental com maior universalidade, representatividade e autoridade, e o secretário-geral assume responsabilidades extremamente importantes. A China congratula António Guterres no seu cargo como secretário-geral. António Guterres possui uma vasta experiência e é extraordinariamente competente. Há não muito tempo atrás, António Guterres fez uma visita oficial à China, realizando uma profunda e extensa troca de opiniões relativamente ao futuro desenvolvimento das Nações Unidas e à cooperação da China com a organização, tendo sido alcançado um importante consenso. Esperamos e acreditamos que sob a liderança de António Guterres sejam cumpridas as obrigações estabelecidas pela “Carta das Nações Unidas”, continuando a organização a desempenhar o seu importante papel de salvaguardar a paz mundial, estimular o desenvolvimento comum e promover a cooperação global.”

A porta-voz referiu ainda que este ano marca o 45º aniversário do restabelecimento da China como parte legítima das Nações Unidas. Ao longo dos últimos 45 anos, a China tem vindo a participar ativamente nas atividades da ONU em matérias como a segurança, desenvolvimento, sociedade, direitos humanos, legislação, controlo de armamento e desarmamento, prestando um extraordinário contributo para a paz e desenvolvimento mundiais.

“A China, como apoiante firme e multilateralista das Nações Unidas, assim como defensora determinada da ordem internacional com base nos objetivos e princípios da “Carta das Nações Unidas”, irá continuar a desenvolver e apoiar a colaboração com a ONU em todos os campos. Esperamos continuar a desenvolver uma cooperação próxima com o novo secretário-geral, promovendo assim o futuro desenvolvimento das relações entre a China e as Nações Unidas”, afirmou Hua Chunying.  

Mo Jingxi, Sheng Yitao

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!