Xi Jinping defende necessidade de “conquistar os corações” dos taiwaneses

O Presidente chinês apelou a esforços para "conquistar os corações" de Hong Kong, Macau e Taiwan, depois de o Partido Democrático Progressista, representado por William Lai Ching-te, crítico de Pequim, ter mantido o poder em Taiwan.

por Nelson Moura

Num artigo publicado hoje, Xi Jinping apelou também ao “reforço das forças patrióticas e da reunificação” em Taiwan, cuja soberania é reivindicada por Pequim, informou a agência de notícias oficial Xinhua.

Xi sublinhou a necessidade de direcionar o Departamento de Trabalho da Frente Unida do Comité Central do Partido Comunista Chinês (PCC), para “mobilizar apoios” e “desenvolver e melhorar o sistema político da China”.

A Frente Unida procura reunir as forças sociais que apoiam o PCC e a sua liderança, tanto na China como no estrangeiro, embora alguns grupos de reflexão ocidentais a acusem de influenciar as sociedades estrangeiras e de intimidar os chineses que vivem no exterior.

O líder chinês apelou à “oposição aos atos separatistas” que apoiam a “independência de Taiwan” e à “promoção da reunificação completa da pátria”. Xi sublinhou ainda a importância de “promover o sentido de comunidade da nação chinesa entre os diferentes grupos étnicos”.

William Lai, até agora vice-presidente de Taiwan e considerado um “agitador” por Pequim, venceu as eleições de sábado com 40,05 per cento dos votos, derrotando o candidato da oposição Kuomintang (KMT) Hou Yu-ih (33,49 por cento dos votos) e o candidato do Partido Popular de Taiwan (PPT) Ko Wen-Je (26,46 por cento).

O líder eleito de Taiwan afirmou que estas eleições demonstraram à comunidade internacional que, entre “a democracia e o autoritarismo”, os taiwaneses escolheram ficar “do lado da democracia”.

Plataforma com Lusa

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!