Igreja da Sagrada Família em Gaza alvo de ataques. Israel dispara “contra tudo o que mexe”

Uma deputada britânica, que tem elementos da família no interior da igreja, disse este domingo à BBC que as pessoas estão "aterrorizadas" e nem se atrevem a ir à casa de banho porque ficam na mira dos soldados israelitas.

por Gonçalo Lopes

Cerca de 300 pessoas, que viram as suas casas serem destruídas pelas bombas israelitas, procuraram refúgio na paróquia da Sagrada Família, que serve a comunidade cristã na Faixa de Gaza.

A situação no interior da igreja é, contudo, cada vez mais desesperante, com relatos de pessoas a passarem horas deitadas no chão com medo de serem baleadas, já que, durante o fim de semana, vários civis foram atingidos pelos disparos de snipers.

Os sobreviventes esperam assim que o Exército israelita reconheça os apelos que estão a ser feitos. Os familiares destes cidadãos não param de pedir ajuda e um ponto final nos ataques contra a igreja.

Leia mais em TSF

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!