Início » ‘Dançando no Silêncio’ destaca a importância dos pequenos gestos

‘Dançando no Silêncio’ destaca a importância dos pequenos gestos

Folha de S.Paulo

A dança tem um inegável aspecto terapêutico na superação de problemas psíquicos. O fato de ser um exercício físico certamente contribui para isso, mas talvez esteja na autoexpressão o elemento mais decisivo desse potencial curativo; é como se o corpo que dança estivesse dizendo ao mundo, por passos e gestos, alguma mensagem que ele próprio não é capaz de transformar em palavras.

O longa “Dançando no Silêncio”, da cineasta franco-argelina Mounia Meddour, é exatamente sobre isso. Acompanhamos a trajetória de Houria, uma jovem que trabalha como faxineira para poder juntar dinheiro para ajudar financeiramente sua mãe, com quem vive, na Argélia. Seu sonho, no entanto, é se tornar uma bailarina profissional, e ela treina pesado para conseguir atingir seu objetivo.

Mas a jovem se mete em uma encrenca quando tenta levantar dinheiro de uma maneira mais rápida do que arrumando camas e espanando móveis: resolve apostar em rinhas de carneiros. Ela tem até um bom feeling para a coisa: costuma escolher os melhores animais.

Mas um dia, após ganhar uma bolada, Houria é perseguida por outro apostador, que acha injusto o resultado da disputa ovina e quer o dinheiro que ela levou. A moça é agredida e sofre ferimentos graves, tornando-se muda e incapaz de voltar a dançar.

O que vem pela frente é basicamente aquilo que mesmo um espectador sem grande imaginação seria capaz de intuir: Houria vai para a fisioterapia —no começo quer largar tudo, talvez até desistir de viver.

Mas conhece uma turma de outras pacientes dispostas a ajudá-la a enfrentar essa nova etapa —cada uma com seu trauma e seus demônios, mas todas compreendendo que, unidas, são mais fortes e capazes de superar as barreiras. Sobretudo quando Houria as introduz ao mundo da dança.

Leia mais em :Folha de S.Paulo

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!