Rússia vai condecorar pilotos que abateram drone norte-americano

por Gonçalo Lopes

O ministro russo da Defesa, Sergei Shoigu, anunciou, esta sexta-feira, que vai condecorar os pilotos do caça Su-27, que abateu um drone norte-americano que sobrevoava o Mar Negro.

Segundo Sergei Shoigu, os dois pilotos “impediram que o aparelho voador não tripulado norte-americano MQ-9 violasse os limites da zona de uso restrito do espaço aéreo estabelecida para levar a cabo a operação militar especial na Ucrânia”.

Leia ainda: EUA divulgam imagens de caça russo a abater drone americano

De acordo com o gabinete de imprensa do Ministério da Defesa da Rússia, os limites da zona aérea foram publicados, “tal como estabelecem as normas”, e os utilizadores internacionais conheciam-nos.

O ex-presidente russo Dmitri Medvedev afirmou hoje que o Código de Navegação Aérea da Rússia permite ao Governo estabelecer “zonas de proibição de voos”.

Leia mais em TSF

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!