Kevin Spacey fica em liberdade em caso de agressão sexual em Londres - Plataforma Media

Kevin Spacey fica em liberdade em caso de agressão sexual em Londres

A próxima audiência foi marcada para o dia 14 de julho.

O ator Kevin Spacey, que em 2017 viu sua carreira de sucesso abalada por acusações de agressão sexual nos Estados Unidos – posteriormente retiradas -, foi deixado em liberdade esta quinta-feira depois de comparecer a um tribunal de Londres acusado de quatro crimes sexuais.

Com semblante calmo e confiante, o ator de Hollywood, de 62 anos, compareceu voluntariamente ao Tribunal de Magistrados de Westminster para enfrentar acusações que ele nega. A Promotoria reconheceu sua “total cooperação” na investigação, mas pediu que entregasse o passaporte e dormisse na sua residência em Londres até à próxima audiência, que o juiz marcou para 14 de julho no Tribunal da Coroa de Southwark, no sul de Londres.

Leia também: Kevin Spacey perde batalha legal contra produtora de ‘House of Cards’

O magistrado tomou em consideração que o ator compareceu voluntariamente e não impôs nenhuma medida cautelar.

“Ele deverá responder a estas acusações se quiser seguir em frente com a sua vida”, argumentou o seu advogado. “Onde é que se vai esconder? Ele mora nos Estados Unidos e pode ser extraditado. A sua família, o seu cão de nove anos estão nos Estados Unidos”, insistiu.

“O seu trabalho exige que ele vá a reuniões, compareça a castings, encontre-se com realizadores e guionistas”, defendeu, declarando-se convencido de que Spacey “continuará a comparecer” à justiça britânica.

Leia mais em: Diário de Notícias
Assine nossa Newsletter