Festival Super Bock Super Rock transferido para o Parque das Nações - Plataforma Media

Festival Super Bock Super Rock transferido para o Parque das Nações

O festival Super Bock Super Rock (SBSR) vai ser transferido para o Parque das Nações, em Lisboa, tendo em conta a declaração de estado de contingência decretada pelo Governo, anunciou ontem a organização

A 26.ª edição do festival decorre entre quinta-feira e sábado e estava marcada para a Herdade do Cabeço da Flauta, uma zona arborizada, entre a lagoa de Albufeira e a praia do Meco, no concelho de Sesimbra, distrito de Setúbal.

Num comunicado hoje divulgado, a promotora Música no Coração anuncia que, “tendo em conta a declaração do estado de contingência pelo elevado risco de incêndio e a consequente proibição de realização de quaisquer atividades em zona florestal, a organização do festival vê-se obrigada à única solução possível, a alteração do local para a viabilização da realização da 26.ª edição”.

“Assim, o festival realizar-se-á no Parque das Nações – Altice Arena, mantendo-se o cartaz na íntegra”, lê-se na nota.

Do cartaz desta edição fazem parte nomes como A$AP Rocky, C. Tangana, Foals, DaBaby, Metronomy, Jamie XX, Hot Chip, Capitão Fausto, Capicua, David & Miguel e Conjunto Cuca Monga.

Segundo a organização, os bilhetes são totalmente válidos para a nova localização, mas não haverá campismo.

“Fizemos todo o possível para que o evento se realizasse no local previsto, mas não foi autorizado, dada a situação atual de contingência. A organização põe a segurança em primeiro lugar e acata todas as decisões das autoridades competentes”, sublinhou a promotora de espetáculos.

A 26.ª edição do SBSR tinha uma festa de antecipação na quarta-feira para os portadores do passe de três dias.

No recinto no Meco, além da área para os concertos, onde já tinham sido colocados quatro palcos, o recinto acolhia também uma zona de campismo para os espectadores e cujo acesso era permitido a partir de quarta-feira.

A última vez que o SBSR aconteceu foi em 2019, também naquele recinto no Meco, tendo tido duas edições adiadas – em 2020 e 2021 – por causa da pandemia da covid-19.

Portugal continental entrou na segunda-feira em estado de contingência, devido às previsões meteorológicas que apontam para temperaturas muito elevadas nos próximos dias, com o esperado agravamento de risco de incêndios florestais.

A declaração do estado de contingência deve terminar às 23:59 de sexta-feira, mas o Ministério da Administração Interna (MAI) admitiu que poderá “ser prolongada caso seja necessário”. Esta declaração proíbe o acesso, circulação e permanência nos espaços florestais, assim como a realização de trabalhos, nessas áreas.

Na segunda-feira, ainda antes da reunião da Proteção Civil Municipal de Sesimbra, o promotor Luís Montez disse à agência Lusa que a organização do festival estava “a tomar medidas de mitigação exigidas” e que tinha “tudo articulado com a Proteção Civil, bombeiros e segurança privada”, contando com “reforço de bombeiros e segurança para vigiar o campismo”.

Related posts
PortugalSociedade

União Europeia com recorde de área ardida e Portugal no pódio

Portugal

Há três razões para Portugal ser o país europeu que mais arde

PortugalSociedade

Bombeiros de Portugal dizem que Governo devia ter acionado mecanismo europeu

CulturaPortugal

Sara Correia no FMM SINES: "O fado pode entrar em qualquer festival do mundo"

Assine nossa Newsletter