Benefícios para empresas de Macau em Hengqin - Plataforma Media

Benefícios para empresas de Macau em Hengqin

No final de março, foram anunciadas dez medidas de redução de custos consolidados para empresas em Hengqin, com o intuito de otimizar o ambiente empresarial. As medidas propõem que seja criada uma política de apoio a investidores de Macau, incluindo vários subsídios de renda e equipamentos para escritórios e outros espaços comerciais.

Revisão das medidas anteriores

O conjunto de normas inclui três políticas implementadas que foram agora revistas para alargar os seus benefícios. Em primeiro lugar, esta política vai estender os prazos para subsídios de renda a empresas tecnológicas.

Leia também: Hengqin suscitou interesse de empresas lusófonas em 2021

O preço alto das rendas dos escritórios é um dos maiores obstáculos para as empresas sediadas na região, que ainda sentem alguma dificuldade em gerar lucro (em particular startups, micro ou pequenas empresas com investimento de Macau). Como tal, o prazo de subsidiação para empresas tecnológicas será estendido (passando o limite de três para cinco anos), com o apoio dos últimos dois anos a constituir 50 por cento do valor inicial dos primeiros três anos, segundo a Comissão de Gestão da Zona de Cooperação Aprofundada.

Em segundo lugar, os requisitos impostos aos beneficiários das duas categorias de subsídio de arrendamento e subsistência serão alargados. Para tal, serão otimizadas as exigências incluídas nas medidas temporárias destes dois apoios para talentos no novo distrito de Hengqin. Haverá também uma suspensão do limite de imposto pago pelos empregadores e uma extensão dos beneficiários destes subsídios.

Além dos apoios disponíveis para pessoal qualificado, serão criadas duas categorias adicionais para talentos do ensino técnico e funcionários. Aos residentes com formação no ensino técnico, será oferecido um subsídio de 20 mil yuan, enquanto que os restantes receberão oito mil yuan. Ambos os subsídios são uma forma de redução do custo de renda e dos bens essenciais para trabalhadores da Zona.

Em terceiro lugar, para dar resposta à escassez de cantinas e espaços verdes, como foi reportado pelas próprias empresas, é proposto que seja removido o requisito de taxa de ocupação de 30 por cento para escritórios na zona piloto. Com este ajuste, os edifícios empresariais e zonas industriais poderão candidatar-se a subsídios de construção para cantinas.

Novas medidas

A Zona irá introduzir três novas medidas para reduzir os custos de operação para empresas nela localizadas, incluindo a criação e implementação de novas formas de apoio a investidores de Macau em Hengqin.

Leia também: Hengqin implementará medidas de apoio à finança moderna em Macau

Para dar resposta aos problemas de refrigeração e aquecimento manifestados pelas próprias empresas, será criado um sistema de avaliação destes mecanismos e os seus custos serão subsidiados. As novas empresas receberão um subsídio máximo de 25 por cento.

Maior confiança empresarial

Desde a sua inauguração há mais de meio ano, foram criadas 340 novas empresas com investimento de Macau em Hengqin, de acordo com o Jornal Science and Technology Daily. Existem atualmente 4806 empresas em operação que abrangem 17 setores económicos.

A Fábrica de Produtos Farmacêuticos Macau-União, estabelecida em Hengqin em 2017, é um dos grandes exemplos dos benefícios empresariais disponibilizados. Ao longo da implementação destas políticas, e de cinco anos de desenvolvimento, a fábrica fortificou a sua competitividade com a criação e registo de novos produtos. Contudo, à medida que a empresa cresce, os custos de operação aumentam e há dificuldades em obter trabalhadores e transportes, algo que também acontece com outras companhias em Hengqin.

Mesmo assim, as políticas implementadas para auxiliar esta área têm ajudado a desenvolver a confiança de empresas como a Macau-União. Lao Tai-hang, diretor técnico da empresa, refere ainda que a companhia está a colaborar com o Parque Industrial para a construção de uma nova fábrica e a acelerar o desenvolvimento de medicação oral de
Medicina Tradicional Chinesa, de forma a obter uma certificação GMP (Good Manufacturing Practice) na China continental.

NANFANG DAILY/EDITADO

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
EconomiaMundo

Musk assume controle do Twitter e demite diretores

ChinaLusofonia

‘“928 Challenge”: Startups’ chinesas dominam competição em Macau

ChinaGrande Baía

CE na quarta reunião da Comissão de Gestão da Zona de Cooperação Aprofundada

ChinaEconomia

Hengqin: Empresas de Macau representam mais de 70% do investimento externo

Assine nossa Newsletter