Lula soma 48% das intenções de voto para Presidente e Bolsonaro 21%

Lula soma 48% das intenções de voto para Presidente e Bolsonaro 21%

O ex-presidente brasileiro, Lula da Silva, é o favorito à corrida presencial de 2022, alcançando 48% das intenções de voto para chefe de Estado, face a 21% do atual mandatário, Jair Bolsonaro, segundo sondagem hoje divulgada

Lula lidera a intenção de voto para Presidente. No levantamento feito pela da empresa Ipec, Lula concentra mais intenções de voto do que todos os outros 11 possíveis candidatos somados (38%): Bolsonaro (21%), Sergio Moro (6%) Ciro Gomes (5%), André Janones (2%), João Doria (2%), Cabo Daciolo (1%), Simone Tebet (1%), Alessandro Vieira (0%), Felipe d’Ávila (0%), Leonardo Péricles (0%) e Rodrigo Pacheco (0%).

Os dados não podem ser comparados com a sondagem anterior, uma vez que novos nomes foram acrescentados à lista de possíveis candidatos.

Segundo a sondagem, as intenções de voto no histórico lider do Partido dos trabalhadores são mais expressivas entre os que avaliam a administração de Jair Bolsonaro como ruim ou péssima (68%); aqueles que moram no nordeste do país (63%); os que moram nas periferias das capitais (55%) e os católicos (54%).

A intenções de voto em Lula são maiores quanto menor a renda familiar mensal e a escolaridade dos entrevistados.

A sondagen do Ipec foi feita entre 09 e 13 de dezembro e ouviu 2.002 pessoas em 144 municípios do país, sendo que a margem de erro é de dois pontos em ambos os sentidos. O nível de confiança é de 95%.

Dos inquiridos, 9% disseram que votavam em branco/nulos e 5% disseram não saber responder/não responderam.

Leia também: Lula lidera disputa à Presidência do Brasil com 40%

Outro dos parâmetros incluídos na sondagem foi a avaliação do Governo de Bolsonaro, sendo que a reprovação (ruim/péssimo) da sua gestão chegou a 55%. Já a aprovação (ótimo/bom) ficou em 19%, 25% consideraram ser regular e 1% não responderam.

No levantamento anterior, feito em setembro, a percentagem de ótimo/bom era 22%, a de regular ficou em 23% e o de ruim/péssimo em 53%. A percentagem dos que não sabiam/não responderam não se alterou (1%).

A sondagem também quis saber se o cidadão inquirido confiava ou não em Jair Bolsonaro: 27% disseram confiar, 70% não confiam e 3% não responderam.

As eleições presidenciais brasileiras terão lugar a 02 de outubro do próximo ano, com uma segunda volta, se necessário, agendada para 30 de outubro de 2022.

Apesar de nem Lula, nem Bolsonaro, terem confirmado que se recandidatarão, os seus discursos públicos indicam que sim.

Lula disse que decidirá em fevereiro ou março se concorrerá ao sufrágio.

Related posts
PolíticaPortugal

Em caso de derrota Costa demite-se logo na noite das eleições

MundoPolítica

Crença em fraude eleitoral segue forte entre eleitores leais a Trump

MundoPolítica

Maioria dos americanos teme o 'colapso' da democracia

Cabo VerdePolítica

Cabo Verde saiu vitorioso das eleições de 2020 apesar da pandemia

Assine nossa Newsletter