Moçambique lança projeto de ligação de redes elétricas com Maláui

Moçambique lança projeto de ligação de redes elétricas com Maláui

Os presidentes de Moçambique e Maláui lançaram ontem um projeto de ligação das redes elétricas, que será mais uma via para escoar a energia da barragem de Cahora Bassa, no interior centro moçambicano

“A energia não tem cor política”, referiu o chefe de Estado de Moçambique, Filipe Nyusi, durante a cerimónia de hoje em Balaka, no Maláui, numa alusão aos benefícios do acesso universal à eletricidade para uso de todos, sejam clientes domésticos ou empresariais.

Leia sobre: Plataforma faz-se ao mar na Coreia para dar gás a Moçambique

A linha de alta tensão com uma extensão de 218 quilómetros deverá estar concluída daqui a dois anos e espera-se que resolva problemas de abastecimento no Maláui.

Ao lado de Nyusi, Lazarus Chakwera, presidente do Maláui, enalteceu o projeto e destacou o potencial de criação de postos de trabalho.

O investimento ronda os 127 milhões de dólares (112 milhões de euros) e conta entre os principais financiadores com o Banco Mundial e o Banco Alemão de Desenvolvimento (KfW, sigla alemã).

O presidente moçambicano Filipe Nyusi visita o Maláui desde segunda-feira até quarta-feira com um programa que incluiu ainda uma passagem pelas obras de ligação ferroviária entre os dois países, que deve se prevê concluída em 2022.

Related posts
MoçambiquePolítica

Encontro entre Nyusi e Chakwera relança as relações bilaterais

MoçambiquePolítica

Moçambique e Maláui querem novo capítulo na cooperação económica

Assine nossa Newsletter