Plenário do PCC e Covid-19 explicam ausência de Xi na COP26

Plenário do PCC e Covid-19 explicam ausência de Xi na COP26

A ausência do Presidente Xi Jinping da conferência do clima COP26, que termina na sexta-feira ao fim de duas semanas, não é surpreendente face à atual situação interna da China, apontam analistas, destacando os desafios das metas ambientais estipuladas por Pequim

“Visto pelo prisma da política interna chinesa, nunca houve muitas chances de que Xi comparecesse pessoalmente na COP26”, diz Melinda Liu, jornalista radicada em Pequim há mais de três décadas.

Em causa, estão as restritas medidas de prevenção contra a covid-19, que praticamente eliminaram as viagens de e para o país asiático, que continua a insistir numa política de “zero casos”, ao contrário do resto do mundo, que está a aprender a coexistir com o vírus.

Quem chega à China oriundo do exterior tem que cumprir uma quarentena de até 21 dias.

Como resultado, Xi Jinping não sai da China desde o início da pandemia.

O encontro em Glasgow coincide ainda com uma reunião-chave do Partido Comunista Chinês (PCC), que arrancou na segunda-feira.

O plenário do Comité Central do PCC, que decorre até 12 de Novembro, reúne os 300 membros mais poderosos do Partido e vai servir para lançar as bases para um terceiro mandato de Xi Jinping, que será oficializado no próximo Congresso do PCC, no Outono de 2022.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
ChinaSociedade

Epidemiologista diz que Ómicron não terá grande impacto na China

MacauSociedade

Teste de sete dias de validade para passar para Zhuhai

ChinaMacau

Políticos locais apoiam as posições de Xi Jinping

ChinaMacau

Governo empenhado em cumprir directrizes da resolução do PCC

Assine nossa Newsletter