Manifestantes furam bloqueio policial antes de atos pró-Bolsonaro em Brasília

Manifestantes furam bloqueio policial antes de atos pró-Bolsonaro em Brasília

Manifestantes favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro furaram na noite desta segunda-feira (6) um bloqueio policial no centro de Brasília, informou a polícia, na véspera de grandes manifestações que aconteceram por todo o país

A bordo de camiões e outros veículos, centenas de manifestantes que já se encontravam na capital para participar de atos desta terça-feira “romperam barreiras de contenção” e entraram na avenida que leva ao Congresso e ao Supremo Tribunal Federal (STF), que estava fechada ao trânsito como medida de segurança, de acordo com a polícia do Distrito Federal.

Em vídeos postados nas redes sociais e publicados pela imprensa, é possível ver uma pequena caravana de automóveis e caminhões entrando na Esplanada dos Ministérios, aplaudida por manifestantes a pé que agitam bandeiras do Brasil: “Acabamos de invadir! A polícia não conseguiu conter o povo! E amanhã vamos invadir o STF”, gritava um dos manifestantes.

A polícia informou que continuava no local “para restabelecer a situação”. De acordo com imagens da CNN Brasil, a situação parecia controlada.

O governo do Distrito Federal planeja uma operação com 5 mil policiais para proteger prédios públicos e evitar excessos nesta terça-feira, Dia da Independência, levando em consideração que grupos de oposição também convocaram manifestações.

Com sua popularidade em declínio, Bolsonaro espera mobilizar massivamente suas bases, especialmente em Brasília e São Paulo, onde tem participação prevista.

O rumo das mobilizações é incerto e monopoliza o debate público no país, inclusive com alertas para evitar algo semelhante à invasão do Capitólio dos Estados Unidos, em janeiro, por partidários do então presidente Donald Trump.

Bolsonaro afirmou nos últimos dias que espera mobilizações massivas para enviar um “ultimato” aos juízes do Supremo Tribunal, que abriram várias investigações contra ele e seu entorno, entre outros motivos por espalhar informações falsas.

Apesar de afirmar que o objetivo das marchas é defender a “liberdade”, muitos dos manifestantes que apoiam Bolsonaro e que se organizaram através das redes sociais planejam usar slogans em favor de ataques às instituições democráticas.

Alguns estão até pedindo uma “intervenção militar”, que seria liderada por Bolsonaro.

Related posts
BrasilPolítica

Bolsonaro envia nova iniciativa ao Congresso para impedir eliminação "arbitrária" nas redes sociais

BrasilPolítica

Reprovação de Bolsonaro atinge o pior nível desde início do mandato

BrasilPolítica

Juristas defendem que Bolsonaro deve ser indiciado por crimes na pandemia

BrasilPolítica

Bolsonaro dá por superados conflitos e elogia Parlamento e Supremo do Brasil

Assine nossa Newsletter