Estado perdeu 24 milhões em receita de IMI no ano passado - Plataforma Media

Estado perdeu 24 milhões em receita de IMI no ano passado

É a segunda vez desde 2012 que há queda no imposto. Aumento do número de isenções e redução das taxas ajudarão a explicar o decréscimo.

O valor das liquidações do IMI diminuiu 1,6% em 2020 para 1503,5 milhões de euros, segundo os dados do fisco, sendo esta a segunda vez desde 2012 que há uma quebra homóloga da receita deste imposto.

De acordo com a informação estatística da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), para aquele total de 1503,5 milhões de euros contribuíram 1495,6 milhões de euros de imposto municipal sobre imóveis (IMI) relativos a prédios urbanos (edifícios e terrenos para construção) e 7,9 milhões de euros de prédios rústicos, tendo sido entre os primeiros que se registou uma quebra no valor das liquidações observada entre 2019 e 2020.

A AT não indica nenhum motivo para a quebra da receita, ainda que os mesmos dados estatísticos indiquem que no mesmo período se observou uma subida do número de prédios isentos de IMI. Em 2020 beneficiaram de isenção um total de 4 040 853 prédios (entre 2 666 360 rústicos e 1 374 493 urbanos) quando um ano antes tinham sido 4 008 834 (dos quais 2 723 659 rústicos e 1 285 175 urbanos).

Leia mais em Dinheiro Vivo

Assine nossa Newsletter