Combate à corrupção em Angola atrai mais investidores

Combate à corrupção em Angola atrai mais investidores

O ministro de Estado para a Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior afirmou, ontem, em Luanda, que o combate à corrupção está a atrair novos investidores ao país.

Manuel Nunes Júnior enalteceu as acções feitas pela Procuradoria-Geral da República e os Tribunais, no combate à corrupção, que têm sido notáveis e louváveis a todos os títulos.

O ministro de Estado falava na abertura da Conferência Nacional sobre o Combate à Corrupção em Angola, realizada na Escola Nacional de Administração e Políticas Públicas (ENAPP).

Destacou o combate aos crimes relacionados ao branqueamento de capitais, peculato, associação criminosa, participação económica em negócios, burla por defraudação, fraude fiscal, improbidade e falsificação de documentos.
O ministro de Estado disse não ser fácil convencer os empresários estrangeiros a investir num país em que o primado da lei não é respeitado.

Reforçou ser preciso assegurar e criar confiança nas pessoas, de que ninguém na sociedade está acima da lei. “Todos devem respeito à lei, porque ela é para todos”, sublinhou.

Segundo o ministro de Estado, “só num ambiente com essas características podem sobressair os talentos da sociedade nos vários domínios da vida e podemos ter uma sociedade competitiva e inovadora”.

Com o combate à corrupção e à impunidade, disse, Angola começa a mudar aos olhos do resto do mundo, no sentido positivo, porque no passado não se fazia nada.

Leia mais em Jornal de Angola

Assine nossa Newsletter