Princesas Latifa e Haya entre os alvos do software de espionagem israelita - Plataforma Media

Princesas Latifa e Haya entre os alvos do software de espionagem israelita

As princesas dos Emirados Latifa bin Mohammad al Maktoum e Haya bin Hussein estavam na lista de potenciais alvos dos clientes do spyware israelita Pegasus, denunciou, na quarta-feira, a Amnistia Internacional.

Os números de telefone das princesas, que fugiram do Dubai, constam de uma lista de cerca de 50 mil números de telemóvel de pessoas que se acredita serem do interesse de clientes da empresa israelita NSO Group.

A lista, publicada no domingo por um consórcio de 17 órgãos de comunicação internacionais, inclui os números de telefone de pelo menos 180 jornalistas, 600 políticos, 85 ativistas de direitos humanos e 65 líderes empresariais, de acordo com a análise realizada pelo consórcio, que localizou muitos em MarrocosArábia Saudita e México.

A descoberta dos números de telefone das princesas levantou dúvidas sobre se poderiam ser o possível alvo de um cliente governamental do grupo.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter