Ordem dos Médicos aponta alternativas ao confinamento em Portugal - Plataforma Media

Ordem dos Médicos aponta alternativas ao confinamento em Portugal

O bastonário dos Médicos defendeu, esta terça-feira, que há medidas alternativas ao confinamento que devem ser usadas para travar a pandemia como “regras mais restritas” para que as pessoas as cumpram, uma fiscalização efetiva e uma nova matriz de risco.

“O Governo, porque estava a ter mais casos em Lisboa, tomou algumas medidas restritivas para a Grande Lisboa ao fim de semana”, como proibir a circulação para dentro e fora da região, o fecho dos restaurantes mais cedo, “mas não serviu para conter a infeção porque “a variante delta já está espalhada pelo país”, afirmou Miguel Guimarães, em declarações à agência Lusa.

A variante delta, sublinhou, “está espalhada porque o vírus não fica sem fazer nada à semana, não tem dias e, portanto, esta visão das coisas, é uma visão que não funciona”.

“Se calhar nem precisaríamos de ter confinado Lisboa, temos que começar é a impor regras mais restritas através da educação das pessoas, para que cumpram as normas da Direção-Geral da Saúde”, defendeu o bastonário da Ordem dos Médicos (OM).

Miguel Guimarães frisou que a máscara é necessária, mas há “demasiadas pessoas” sem ela, o que considerou “um erro”, assim como é preciso que as pessoas cumpram o distanciamento e mantenham o nível de higiene.

Defendeu também “algumas regras apertadas” para eventos com mais pessoas, para que tenham de fazer um teste rápido de antigénio, que agora é comparticipado pelo Estado.

Leia mais em Jornal de Notícias

Related posts
DesportoPortugal

Marítimo e Nacional com público nas bancadas no arranque da época 2021/2022

DesportoEconomia

Pandemia roubou 595 milhões e levou 3100 clubes desportivos e 16 mil empregos

PortugalSociedade

Covid-19 deve duplicar até agosto em Portugal, mas na Europa será ainda pior

PortugalSociedade

Portugueses confiantes na vacinação, mas mais descontentes com Governo

Assine nossa Newsletter