Confirmado caso de Covid-19 em Hong Kong, mas negociações com Macau continuam - Plataforma Media

Confirmado caso de Covid-19 em Hong Kong, mas negociações com Macau continuam

As autoridades de Macau continuam a negociar com Hong Kong a abertura de uma bolha de viagem sem quarentena, mantendo a regra de 28 dias consecutivos sem casos locais. Ontem foi confirmado o caso positivo preliminar de covid-19 na zona de Tai Po na região vizinha.

O Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus garantiu ontem que continuam as negociações com as autoridades de Hong Kong sobre a possibilidade de abertura das fronteiras, embora se mantenha a regra dos 28 dias consecutivos sem novos casos locais de covid-19 na região vizinha. O caso preliminar de covid-19 na zona de Tai Po, registado na quarta-feira, foi confirmado ontem depois da conferência de imprensa do Centro.

“Temos um pressuposto, que é durante 28 dias não haver casos em Hong Kong. Neste momento, Hong Kong e Macau ainda estão a discutir os pormenores acerca da possibilidade de abrir a fronteira. Quando Hong Kong reunir esta condição então poderemos pôr em prática, mas agora não temos nenhuma informação para avançar porque ainda não reúne os requisitos”, adiantou Leong Iek Hou, coordenadora do centro.

A responsável adiantou que as autoridades de ambas as regiões vão continuar a ter reuniões técnicas.

Segundo a estação RTHK, o caso local de covid-19 diz respeito a um homem de 27 anos, trabalhador no aeroporto. Foram testadas mais de 2000 pessoas que vivem na mesma zona residencial, e enviadas para quarentena mais de 180 pessoas de contacto próximo. Ontem foram também detectados na região vizinha seis casos de covid-19 importados, relativos a quatro estudantes oriundos do Reino Unido e duas mulheres que viajaram da Indonésia.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
MacauSociedade

Residente proveniente do Reino Unido é o caso 56 em Macau

MacauSociedade

COVID-19: Autoridades ponderam terceira dose

ChinaHong Kong

Covid-19: Levantamento de restrições com Hong Kong só com “consenso” de Pequim

MacauSociedade

Estudante de 22 anos de idade é o caso 55 de COVID-19

Assine nossa Newsletter