Plano de recuperação da União Europeia é aprovado pelos 27 Estados-membros - Plataforma Media

Plano de recuperação da União Europeia é aprovado pelos 27 Estados-membros

Os Parlamentos da Áustria e da Polónia aprovaram nesta quinta-feira (27) o plano europeu de recuperação para enfrentar as consequências económicas da pandemia de covid-19, permitindo assim a conclusão do processo de ratificação do projeto.

“Com os votos favoráveis dos parlamentos austríaco e a da Polónia hoje, os 27 Estados-membros finalizaram o processo parlamentar de aprovação”, comemorou o comissário europeu para o orçamento, Johannes Hahn, no Twitter.

Dotado de 672 mil milhões de euros (800 mil milhões de dólares) em subsídios e empréstimos, o mecanismo, financiado pela primeira vez graças a um recurso comum de créditos, reflete a solidariedade do bloco diante da crise do coronavírus.

O plano foi concluído em julho de 2020, após duras negociações. Os primeiros pagamentos, destinados a financiar projetos de investimento dos países na transição ecológica e digital, devem chegar a partir do final de julho. A ratificação dos 27 integrantes da UE era indispensável.

Os Estados-membros podem apresentar a Bruxelas um plano de investimento associado a reformas estruturais. Dezanove países já submeteram o seu projeto à Comissão, que tem dois meses para examiná-los e aprová-los. Em seguida, o Conselho Europeu, que representa as nações, terá um mês para dar luz verde.

A Espanha e a Itália devem ser os principais beneficiários, com quase 70 mil milhões de euros cada (85,3 mil milhões de dólares).

O dinheiro deve permitir o custo da renovação térmica de edifícios, projetos ferroviários, terminais de carregamento de veículos elétricos, redes de comunicação de banda larga e estruturas de armazenamento de dados.

Related posts
EconomiaPortugal

Impacto da bazuca no PIB pode chegar a 2,4% e criar 50 mil empregos

MundoPolítica

UE: Estados-membros dão ‘luz verde’ a viajantes dos EUA

EconomiaPolítica

Bruxelas dá ok a PRR "robusto" com nota máxima para controlo de fraude

MundoSociedade

Companhias áreas reivindicam fim de restrições no verão na UE

Assine nossa Newsletter