Prostitutas de Belo Horizonte querem prioridade na vacina da covid-19 - Plataforma Media

Prostitutas de Belo Horizonte querem prioridade na vacina da covid-19

Algumas trabalhadoras do sexo protestaram na segunda-feira em Belo Horizonte, no Brasil, pedindo para serem tratadas como grupo prioritário na campanha de vacinação da covid-19.

“Precisamos ser vacinados, somos educadores de saúde, damos informações sobre doenças sexualmente transmissíveis aos homens, distribuímos preservativos e somos mulheres, nossos direitos são violados”, afirmou a presidente da Associação das Prostitutas de Minas Gerais (Aprosmig), Cida Vieira.

Leia mais em Jornal de Notícias

Related posts
Lifestyle

“Ainda se confunde o preservativo com o estar apaixonado”

LifestyleSociedade

A infidelidade ‘contagia-se’? Estudo diz que ler sobre traições dos outros impulsiona imitação

Lifestyle

12% dos utilizadores de site nacional de encontros tem mais de 60 anos

BrasilSociedade

Motoristas por aplicativo fazem sexo com passageiros em corridas

Assine nossa Newsletter